Arquivo

Arquivo de 18, julho, 2011

Review do evento GUOB TECH DAY 2011



Na data de 16/07/2011 foi realizado o encontro do Grupo de Usuário de Tecnologia Oracle do Brasil, que tem como missão congregar usuários e demais interessados na tecnologia Oracle, promover a troca de experiências e conhecimentos técnicos, divulgar novos produtos e encaminhar solicitações de seus associados junto a Oracle. Este ano o GUOB completou o seu segundo ano de vida e com forte apoio da OTN.

O evento foi realizado na cidade de São Paulo, no Hotel Blue Tree Morumbi.

Logo quando cheguei fui recepcionado e feito o credenciamento, ganhando uma pasta com alguns folders dos patrocinados e brindes da Oracle.

Fomos direcionados para a sala principal com a abertura/introdução pelo Eduardo Hahn, presidente do GUOB. Fez uma breve descrição de como seria o dia, anunciou que teríamos alguns sorteios, horários e muito mais.

Após a abertura com Eduardo Hahn, entrou em cena o Pablo Ciccarello, diretor da OTN. Falou sobre o site da OTN, onde você pode  encontrar conteúdo em português como documentações, artigos técnicos, informações de Grupos de usuários Oracle  (GUOB, GUORS, Oraug-br), informações do programa Oracle ACEs e uma coisa que chamou a atenção de algumas pessoas, foi que se você contribuir com algum artigo, você poderá receber uma quantia de aproximadamente 1.500 dólares, olhei em volta e vi vários olhos brilhando rsrsrs.

Logo após a saída do Pablo, entrou em cena o experiente Graham Wood, mostrando em tempo real o carga de 1TB em uma exadata X2-2, levando 8 bilhões de linhas/registros em menos de 9 minutos, pouco ? Após isso, ele fez coleta de estatísticas das 8 bilhões de linhas/registros e levou menos de 4 minutos!!!! Gastando 20 minutos para montar um Data WareHouse. Após tomar uma água, voltou para falar sobre Hidden Features do 11g, que ainda não são utilizadas e algumas não documentadas pela Oracle.

Em seguida veio Arup Nanda, falar sobre Exadata Para DBA’s Oracle. Neste momento percebi que todos estavam atentos em todas as palavras que o Arup falava, deixou claro que se você conhece Oracle RAC, você já entende 60% de Exadata e os outros 40% o DBA entende perfeitamente, ele explicou como é formado o exatada, para quem não conhece ainda. De uma forma clara e bem rápida- rápida porque ele falava muiiito rápido!

Houve uma pausa para o almoço e voltamos com três salas disponíveis para escolher, eu decidi ficar com o Mysql – trabalhando com alta disponibilidade e alta performance: Replicação e Cluster com Airton Lastori. Começou falando sobre a história do mysql e foi avançando sobre a alta disponibilidade e perfomance de uma maneira bem dinâmica e fácil compreensão.

Na próxima programação, não entrei em nenhuma sala e bate um papo com grandes profissionais do mundo Oracle, tais como Rodrigo Almeida, Marcus Vinicius, Ricardo Portilho, Eduardo Hahn, conheci também Eduardo Legatti, Thomas Glufke.

Na próxima palestra entrei na sala que estava o Rodrigo Mufalani, admiro o trabalho que ele tem feito no seu blog e não podia perder a oportunidade de escutar sua experiência sobre cerificações Oracle, uma vez que ele é OCA, OCP, OCE RAC e reconhecido como Oracle ACE. Na palestra falou sobre os passos para atingir cada certificação Oracle, como OCA, OCP, OCM. Comentou que para conseguir as certificações que possui hoje, estudou dois livros (que não anotei) e que estudava no ônibus enquanto ia para o trabalho, resumindo, não venha com desculpas falando que não tem tempo para estudar, faça que nem o Mufalani estude no ônibus e se torne o cara no Oracle.

Fiquei na mesma sala e apreciei a aula de Maior disponibilidade com Oracle RAC Extended CLuster com Marcus Vinicius. Foi abordado de forma clara, falou sobre SPOF (Single Point of Failure) e em português, Ponto Único de Falha. Não adianta ter switch, Oracle RAC, links de backup se você não tem um site backup, com essa introdução deu inicio ao Oracle RAC Extended Cluster.

Saindo da sala, entrei na sala que estava o palestrante Thomas Glufke, dono do maior fórum do Brasil de Oracle, falando sobre Oracle EBS, como funciona, onde podemos encontrar informações sobre o tema, enfim, quais são os primeiros passos para dominar o Oracle EBS.

Por fim, tivemos Arup Nanda, com Melhores Práticas para DBA, como ele mesmo disse, na sua visão, tanto que frisou bastante sobre isso, discuntando o padrão OFA, audit Session, entendendo o uso de CPU com selects no banco, restrigindo o LISTENER, Data Pump e como o tempo era curto, ele teve que encerrar, UMA PENA! Na minha opinião o cara é muito bom, não sei como ele não é funcionário da Oracle. O cara fechou com chave de ouro!!!

Abaixo algumas imagens do evento:

Achei muito bom o evento, muito bem organizado, ótimos palestrantes e congressistas. Valeu cada minuto que estava lá. Parabéns a todos e ano que vem, pretendo ir de novo!!!

Um abraço !!!

Tags: