Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Estudo’

Certificação Oracle com direto a segunda chance (RETAKE)

Acreditamos em segunda chance.
Oracle

Acreditamos em segunda chance.

As habilidades em Oracle Database continuam a ser uma das competências mais procuradas no mercado de trabalho, mas será que você tem como demonstrar o seu conhecimento nas suas mais recentes e revolucionárias características? Prepare-se agora para uma carreira de sucesso obtendo uma certificação Oracle Database. Por tempo limitado, você pode usufruir da nossa promoção que lhe possibilita refazer, gratuitamente, qualquer exame Oracle Database.

Como participar desta promoção:

1.

Matricule-se em qualquer um dos nossos exames Oracle Database na página Web da Pearson VUE.

2.

Inclua o código de promoção RETAKE16BR no momento da sua inscrição para se qualificar para refazer o exame gratuitamente, se necessário. Faça o exame.

3.

Se não passar na primeira tentativa, pode agendar gratuitamente para refazer o mesmo exame (uma vez).

4.

O exame inicial deverá ser feito impreterivelmente até 31 de maio de 2016, e a repetição, se necessária deverá ser feita impreterivelmente até dia 15 de julho de 2016.

Já tem um voucher para o exame de certificação (Certification Exam Voucher)? Se já adquiriu um voucher da Oracle ou de um parceiro da Oracle, você ainda é elegível para esta oferta de repetir de graça o exame de certificação.

Maiores informações, clique aqui 😀 e boa sorte!

Tags:

Arquitetura do Banco de Dados

Acredito que para entender o funcionamento do Oracle, você, eu e todos nós, temos que entender a arquitetura dele, saber como funciona cada pedaço do Oracle.
O servidor de banco de dados Oracle, consiste em uma ou mais instancias + databases, podemos dizer que a instância são vários processos em background e na memória e os databases são formados pelo data files, control files, redo file, archive log, etc.

Observamos a imagem abaixo:

 
Leia mais…

Tags:

Dicionário de dados

Podemos dizer que dicionário de dados, é um conjuto de tabelas e views somente leitura, utilizado pelo banco de dados Oracle. Este conjunto é criado e mantido pelo Oracle e contém informações sobre o banco de dados, o dicionário de dados é estruturado em tabelas e views, da mesma forma que outros dados do banco. O dicionário de dados é uma importante ferramenta para todos os usuários, desde usuários finais até os desenvolvedores, inclusive os DBA’s. Para acessar o dicionário de dados, é utilizado as instruções de SQL, como dito acima, é somente leitura, então, só vamos conseguir usar o SELECT.  Todas as tabelas pertecem ao usuário SYS.

Que informações vamos encontrar na nas views de dicionário ?

As informações armazenadas no dicionário de dados incluem os nomes dos usuários do servidor Oracle, os privilegios concedidos aos usuários, os nomes dos objetos do banco de dados, as constraints de tabelas e as informações de auditoria. Há quatro categorias de views de dicionário de dados. Cada categoria possui um prefixo distinto que flete o uso pretendido.

Prefixo Significado
USER_ Contém detalhes dos objetos pertencentes ao usuário.
ALL_ Contém detalhes dos objetos para os quais o usuário ganhou direitos de acesso e dos objetos pertencentes ao usuário.
DBA_ Contém detalhes dos usuários com privilégios de DBA para acessar qualquer objeto do banco de dados.
V$_ Armazena informações sobre o desempenho ou bloqueio do servidor do banco de dados; disponível para os administradores do banco.

Vejamos algumas views mais utilizadas:
Leia mais…

Tags: , ,

Transaçoes de banco de dados – Commit e Rollback

O servidor RDMS (Oracle), garante a consistência de dados com base em transações. As transações permitem mais flexibilidade e controle durante a alteração de dados e garantem a consistência de dados em caso de falha de processo do usuário ou falha do sistema.
As transações consistem em instruções em DML que formam uma alteração consistente dos dados. Por exemplo, uma transferência de fundos entre duas contas deve incluir o débito em uma conta e o crédito em outra conta no mesmo valor. As duas ações deverão apresentar falha ou ser bem-sucedidas; o crédito não deverá ser submetido a commit sem o débito.

Quando uma Transação Começa e Termina?

Uma transação começa quando a primeira instrução DML é encontrada e termina quando uma destas ações ocorre:
• Uma instrução COMMIT ou ROLLBACK é executada.
• Uma instrução DDL, como CREATE, é executada.
• Uma instrução DCL é executada.
• O usuário sai do iSQL*Plus.
• Ocorre uma falha de máquina ou do sistema.
Após o término de uma transação, a próxima instrução SQL executável inicia automaticamente a transação seguinte.
Uma instrução DDL ou DCL é submetida a commit automaticamente e, portanto, encerra uma transação de forma implícita.

Vantagens de Instruções COMMIT e ROLLBACK

• Garantir a consistência de dados
• Visualizar alterações de dados antes de torná-las permanentes
• Agrupar operações relacionadas logicamente
• As instruções COMMIT e ROLLBACK permitem controlar as alterações permanentes nos dados.
Leia mais…

Criando uma tablespace, usuário e uma tabela

Ante de começar você sabe o que é uma Tablespaces?
Um banco de dados é dividido em unidades lógicas de armazenamento, denominadas tablespaces, que podem ser usadas para agrupar estruturas lógicas relacionadas. Cada banco de dados está dividido logicamente em um ou mais tablespaces. Um ou mais arquivos de
dados são criados explicitamente para cada tablespace, de modo a armazenar fisicamente os dados de todas as estruturas lógicas de um tablespace.

Enfim, vamos ao que interessa, para criarmos uma tablespace, devemos logar com o usuário sys:
Leia mais…

Certificação Oracle

Decidi escrever este artigo para ajudar as pessoas que querem se certificar em Oracle e não conhece a certificação. Hoje a certificação de um modo geral, comprova a competência do profissional, abri novas oportunidades, pode garantir um promoção, ter vantagem competitiva entre os demais candidados a uma vaga e assim por diante.

Antes de começar:

Você já perdeu algumas horas no site da Oracle ? Eu que trabalho com linux, nunca vi um site tão completo como ele. Existem diversas (milhares) documentações sobre todos os produtos da Oracle, tutorais, informações de instalação, resoluções de problema, downloads e é claro informações sobre a certificação. Vai lá, da uma olhada, garanto que você não vai se arrepender.

Como são as provas:

Para se tornar um OCA 10g ou 11g, você precisa fazer duas provas, uma de SQL e uma outra de administração do Oracle. Abaixo coloquei informações das provas, tópicos, valores, versões, tempo de prova, número de questões e o score necessário para adquirir a certificação. As informações de valores, tempo de prova, score, número de questões, foram retiradas do próprio site da Oracle, podendo ser alterado a qualquer momento.
Leia mais…

Tags: ,

Banco de dados Oracle / Fundamentos de SQL – parte 2

Neste post vamos usar a claúsula para restrigir as linhas da saída, usar as condições de comparação, usar as condições BETWEEN, IN LIKE E NULL, usar os operadores lógico AND, OR e NOT. Usar ORDER BY e usar variaveis.

/* Vamos restrigir somente o ID 90, ira ser selecionado */
SELECT employee_id, last_name, job_id, department_id
FROM employees
WHERE department_id = 90;



/* Strings de caracteres e datas. o comando where, ira procurar pelo sobrenome Whalen */
SELECT employee_id, last_name, job_id, department_id
FROM employees
WHERE last_name = ‘Whalen’;

/* Usando condição de comparação, selecionado somente o salario que for menor que 3000 */
SELECT last_name, salary
FROM employees
WHERE salary <3000;
Leia mais…

Tags: ,

Banco de dados Oracle / Fundamentos de SQL – parte 1

Depois de alguns dias sem postar e tentando entender como funciona o wordpress, ééé eu não sei mexer nele, hoje descobri como postar as imagens na tela, sem usar a função de slide ou galeria. Enfim, vou mostrar alguns comandos do SELECT, vou rodar via iSQL PLUS (WEB), terei que subir o serviço,  lembrando que voce já deve ter estartado o banco.

[[email protected] bin]$ /u01/app/oracle/product/10.2.0/db_1/bin/isqlplusctl start
iSQL*Plus 10.2.0.1.0
Copyright (c) 2003, 2005, Oracle.  All rights reserved.
getnameinfo failed
Starting iSQL*Plus …
iSQL*Plus started.

Após subir o isqlplus, vamos rodar os comandos dentro do iSQLPLUS, no meu caso acessei este endereço : http://192.168.1.100:5560/isqlplus/ loguei com o usuário e senha do hr.
Leia mais…

Tags: ,

Curso Oracle

26, março, 2011 2 comentários

A um mês atrás, pesquisei curso de Oracle, conheci duas escolas VERIS e ENSOF, as duas são credenciadas pela Oracle, curso oficial, material em pdf, etc. São duas ótimas empresas e os DBA’s que conheço, me recomendaram as duas, fui conhecer pessoalmente e decidi fazer na VERIS.
Surgiu A DÚVIDA, qual Oracle fazer: 10g ou o 11g.

Li em vários sites da internet e até mesmo conversando com DBA’s Oracle, que são consultor, me falam que pelo menos 80% do mercado utilizam o 10g e os outros restantes usam Oracle 7,8,9 e 11.

Lendo as diferenças do 10g e do 11g houveram varias adições de features, a grande diferença que me chamou atenção e que decidiu qual curso fazer, foi a questão que o 10g esta desde 2005, o suporte de atualizações vai acabar em 2012. As features anteriores não foram retiradas e sim melhoradas. Enfim, a minha decisão foi no 11g, vou começar o curso no próximo sábado, tem duração de quase 7 meses.
Pretendo comprar o livro do 10g e estudar por conta própria!

O detalhe que mais pesou e vai pesar durante 10 meses é o pagamento de quase 6 mil reais de curso!!!

Um abraço, post escrito e postado no iPhone.

Tags:

Subindo e derrubando a base/listener e habilitando o schema HR (database examples)

24, março, 2011 9 comentários

O meu objetivo no momento é aprender SQL, não quero ver a administração do banco agora, preciso primeiro conhecer toda a parte do SQL para enfim, administrar o banco – quero que chega logo – mais até chegar, preciso conhecer bem todo o funcionamento do select, de um update, de insert e assim por diante. Hoje pretendo mostrar como faz para subir e derrubar uma base e o listener do banco. Por fim, vamos habilitar um schema que instalamos como exemplono Oracle. Lembra que marcamos a opção: Create database with sample schemas. Com essa opção, criamos um Database schema (tabelas, seqüências, índices, usuário(s)) chamada HR (Human Resources), e é nesse schema que vamos trabalhar.

Leia mais…

Tags: