Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Tutorial’

Video aula = Instalação do Oracle 12c

11, novembro, 2014 Sem comentários

Olá companheiros!

Abaixo uma video aula mostrando a instalação do Oracle 12c no Linux:

Tags:

Instalação do Oracle database 12c release 1

11, novembro, 2014 Sem comentários

Segue o link da pagina do oracle-base mostrando o passo a passo de como fazer a instalação do Oracle 12c:

Oracle Database 12c Release 1 (12.1) Installation On Oracle Linux 5 – A brief guide to installing Oracle 12c Release 1 (12.1) on Oracle Linux 5.

Oracle Database 12c Release 1 (12.1) Installation On Oracle Linux 6 – A brief guide to installing Oracle 12c Release 1 (12.1) on Oracle Linux 6.

Oracle Database 12c Release 1 (12.1) Installation On Oracle Linux 7 – A brief guide to installing Oracle 12c Release 1 (12.1) on Oracle Linux 7.

Oracle Database 12c Release 1 (12.1.) RAC On Oracle Linux 6 Using VirtualBox – This article describes the installation of Oracle Database 12c Release 1 (12.1) RAC on Oracle Linux 6 using VirtualBox with no additional shared disk devices.

Oracle Database 12c Release 1 RAC On Windows 2012 Using VirtualBox – This article describes the installation of Oracle Database 12c Release 1 (12.1) RAC on Windows 2012 Server Standard Edition using VirtualBox with no additional shared disk devices.

Oracle Database 12c Release 1 (12.1) Installation On Fedora 18 (F18) – A brief guide to installing Oracle 12c Release 1 (12.1) on Fedora 18 (F18).

Oracle Database 12c Release 1 (12.1) Installation On Fedora 19 (F19) – A brief guide to installing Oracle 12c Release 1 (12.1) on Fedora 19 (F19).

Oracle Database 12c Release 1 (12.1) Installation On Fedora 20 (F20) – A brief guide to installing Oracle 12c Release 1 (12.1) on Fedora 20 (F20).

Um abraço.

Tags:

Habilitando o archivelog mode no Oracle 11g

Para efetuar backups online (hot backup), isto é, fazer backup do banco de dados com ele UP, não havendo necessidade de parar o banco para fazer (cold backup). Você precisa ativar o modo archivelog, desta maneira, os redo logs online são arquivados, criando arquivos de log de todas as transações do banco de dados.

O Oracle grava nos arquivos de redo log online de maneira cíclica: após preencher o primeiro arquivo de log, ele começa a gravar no segundo, até que ele esteja cheio, e em seguida, começa a gravar no terceiro. uma vez que o último arquivo de redo log online esteja cheio, o processo em segundo plano LGWR (log write) começa a sobrescrever o conteúdo do primeiro arquivo.

Por default o modo NOARCHIVELOG vem como padrão, ele protege a integridade do banco de dados no caso de falha de uma instância ou uma queda de sistema, porque todas as transações encerradas com commit, mas que ainda não foram gravadas nos arquivos de dados estarão disponíveis nos arquivos de redo log online.

Quando o Oracle está executando no modo ARCHIVELOG, o processo em background ARCn (archiver process) faz uma cópia de cada arquivo de redo log antes de sobrescrevê-lo. Exemplo: se o disco que esta os data files der algum problema, com os archives logs podemos reconstruir o banco de dados até o momento anterior ao problema, devido a um backup recente dos data files e aos arquivos de redo log que foram gerados desde que ele ocorreu. Abaixo, uma imagem para ilustrar o processo ARC, copiando os arquivos do redo log e passando para a localização do archive log.


Leia mais…

Tags:

Dicionário de dados

Podemos dizer que dicionário de dados, é um conjuto de tabelas e views somente leitura, utilizado pelo banco de dados Oracle. Este conjunto é criado e mantido pelo Oracle e contém informações sobre o banco de dados, o dicionário de dados é estruturado em tabelas e views, da mesma forma que outros dados do banco. O dicionário de dados é uma importante ferramenta para todos os usuários, desde usuários finais até os desenvolvedores, inclusive os DBA’s. Para acessar o dicionário de dados, é utilizado as instruções de SQL, como dito acima, é somente leitura, então, só vamos conseguir usar o SELECT.  Todas as tabelas pertecem ao usuário SYS.

Que informações vamos encontrar na nas views de dicionário ?

As informações armazenadas no dicionário de dados incluem os nomes dos usuários do servidor Oracle, os privilegios concedidos aos usuários, os nomes dos objetos do banco de dados, as constraints de tabelas e as informações de auditoria. Há quatro categorias de views de dicionário de dados. Cada categoria possui um prefixo distinto que flete o uso pretendido.

Prefixo Significado
USER_ Contém detalhes dos objetos pertencentes ao usuário.
ALL_ Contém detalhes dos objetos para os quais o usuário ganhou direitos de acesso e dos objetos pertencentes ao usuário.
DBA_ Contém detalhes dos usuários com privilégios de DBA para acessar qualquer objeto do banco de dados.
V$_ Armazena informações sobre o desempenho ou bloqueio do servidor do banco de dados; disponível para os administradores do banco.

Vejamos algumas views mais utilizadas:
Leia mais…

Tags: , ,

Transaçoes de banco de dados – Commit e Rollback

O servidor RDMS (Oracle), garante a consistência de dados com base em transações. As transações permitem mais flexibilidade e controle durante a alteração de dados e garantem a consistência de dados em caso de falha de processo do usuário ou falha do sistema.
As transações consistem em instruções em DML que formam uma alteração consistente dos dados. Por exemplo, uma transferência de fundos entre duas contas deve incluir o débito em uma conta e o crédito em outra conta no mesmo valor. As duas ações deverão apresentar falha ou ser bem-sucedidas; o crédito não deverá ser submetido a commit sem o débito.

Quando uma Transação Começa e Termina?

Uma transação começa quando a primeira instrução DML é encontrada e termina quando uma destas ações ocorre:
• Uma instrução COMMIT ou ROLLBACK é executada.
• Uma instrução DDL, como CREATE, é executada.
• Uma instrução DCL é executada.
• O usuário sai do iSQL*Plus.
• Ocorre uma falha de máquina ou do sistema.
Após o término de uma transação, a próxima instrução SQL executável inicia automaticamente a transação seguinte.
Uma instrução DDL ou DCL é submetida a commit automaticamente e, portanto, encerra uma transação de forma implícita.

Vantagens de Instruções COMMIT e ROLLBACK

• Garantir a consistência de dados
• Visualizar alterações de dados antes de torná-las permanentes
• Agrupar operações relacionadas logicamente
• As instruções COMMIT e ROLLBACK permitem controlar as alterações permanentes nos dados.
Leia mais…

Criando uma tablespace, usuário e uma tabela

Ante de começar você sabe o que é uma Tablespaces?
Um banco de dados é dividido em unidades lógicas de armazenamento, denominadas tablespaces, que podem ser usadas para agrupar estruturas lógicas relacionadas. Cada banco de dados está dividido logicamente em um ou mais tablespaces. Um ou mais arquivos de
dados são criados explicitamente para cada tablespace, de modo a armazenar fisicamente os dados de todas as estruturas lógicas de um tablespace.

Enfim, vamos ao que interessa, para criarmos uma tablespace, devemos logar com o usuário sys:
Leia mais…

Instalação do Oracle 11g no Oracle Linux 6.0

Vamos ver a instalação do Oracle 11g no Oracle Linux 6.0.
Faça o download do Oracle Linux 6, clicando aqui, é necessário preencher alguns dados, o download é gratuito.

A imagem abaixo é a primeira tela da instalação do Oracle Linux 6.0,  aguardando 60 segundos, ele irá carregar a opção Install or upgrade an existing system.


Leia mais…

Banco de dados Oracle / Fundamentos de SQL – parte 2

Neste post vamos usar a claúsula para restrigir as linhas da saída, usar as condições de comparação, usar as condições BETWEEN, IN LIKE E NULL, usar os operadores lógico AND, OR e NOT. Usar ORDER BY e usar variaveis.

/* Vamos restrigir somente o ID 90, ira ser selecionado */
SELECT employee_id, last_name, job_id, department_id
FROM employees
WHERE department_id = 90;



/* Strings de caracteres e datas. o comando where, ira procurar pelo sobrenome Whalen */
SELECT employee_id, last_name, job_id, department_id
FROM employees
WHERE last_name = ‘Whalen’;

/* Usando condição de comparação, selecionado somente o salario que for menor que 3000 */
SELECT last_name, salary
FROM employees
WHERE salary <3000;
Leia mais…

Tags: ,

Banco de dados Oracle / Fundamentos de SQL – parte 1

Depois de alguns dias sem postar e tentando entender como funciona o wordpress, ééé eu não sei mexer nele, hoje descobri como postar as imagens na tela, sem usar a função de slide ou galeria. Enfim, vou mostrar alguns comandos do SELECT, vou rodar via iSQL PLUS (WEB), terei que subir o serviço,  lembrando que voce já deve ter estartado o banco.

[[email protected] bin]$ /u01/app/oracle/product/10.2.0/db_1/bin/isqlplusctl start
iSQL*Plus 10.2.0.1.0
Copyright (c) 2003, 2005, Oracle.  All rights reserved.
getnameinfo failed
Starting iSQL*Plus …
iSQL*Plus started.

Após subir o isqlplus, vamos rodar os comandos dentro do iSQLPLUS, no meu caso acessei este endereço : http://192.168.1.100:5560/isqlplus/ loguei com o usuário e senha do hr.
Leia mais…

Tags: ,

Instalando o Oracle no CentOS 5, virtualizado no VirtualBox 2/2

23, março, 2011 16 comentários

Dando continuidade no tutorial, vamos ao que interessa, instalação do Oracle 10g, 32bits.
Leia mais…