Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Rollback’

Transaçoes de banco de dados – Commit e Rollback

O servidor RDMS (Oracle), garante a consistência de dados com base em transações. As transações permitem mais flexibilidade e controle durante a alteração de dados e garantem a consistência de dados em caso de falha de processo do usuário ou falha do sistema.
As transações consistem em instruções em DML que formam uma alteração consistente dos dados. Por exemplo, uma transferência de fundos entre duas contas deve incluir o débito em uma conta e o crédito em outra conta no mesmo valor. As duas ações deverão apresentar falha ou ser bem-sucedidas; o crédito não deverá ser submetido a commit sem o débito.

Quando uma Transação Começa e Termina?

Uma transação começa quando a primeira instrução DML é encontrada e termina quando uma destas ações ocorre:
• Uma instrução COMMIT ou ROLLBACK é executada.
• Uma instrução DDL, como CREATE, é executada.
• Uma instrução DCL é executada.
• O usuário sai do iSQL*Plus.
• Ocorre uma falha de máquina ou do sistema.
Após o término de uma transação, a próxima instrução SQL executável inicia automaticamente a transação seguinte.
Uma instrução DDL ou DCL é submetida a commit automaticamente e, portanto, encerra uma transação de forma implícita.

Vantagens de Instruções COMMIT e ROLLBACK

• Garantir a consistência de dados
• Visualizar alterações de dados antes de torná-las permanentes
• Agrupar operações relacionadas logicamente
• As instruções COMMIT e ROLLBACK permitem controlar as alterações permanentes nos dados.
Leia mais…